Palacete das Artes Rodin Bahia

Casarão – A mansão, onde funciona o Palacete das Artes Rodin Bahia, pertenceu ao comendador Bernardo Martins Catharino, nascido em 03 de julho de 1861, em Portugal. Aos 50 anos, representante da elite social e econômica no Estado, resolve construir um Palacete no bairro da Graça, em um terreno de 19,30 x 28,20m em benefício do jardim, que foi inaugurado em 1912. O Casarão é constituído de dois pavimentos, tendo como ornamentos internos pinturas parientais com cenas românticas; naturezas mortas; forros do teto em painéis, com pinturas de figuras de anjos e ornatos em elementos de folhas, flores e pássaros, destacando o forro com douramento da Sala Napoleão, ornado com figuras de águias; elementos da simbologia maçônica (tanto o Comendador Bernardo, quanto Rossi e Cercelli eram maçons); vitrais (destaque para o de Nossa Senhora da Conceição, já que Dona Úrsula Catharino era católica); pisos em parquet, mármores e ladrilhos hidráulicos. Encontra-se, também, no interior do prédio um elevador francês da época da construção. Em 1982, o Casarão é tombado pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia.

Sala Contemporânea- Inserida no contexto de modernização e ampliação do espaço da mansão, foi construída (2003 – 2005) a Sala Contemporânea, um projeto grandioso dos arquitetos Marcelo Ferraz e Francisco Fanucci (Escritório Brasil Arquitetura), que desde 2007 abriga exposições temporárias de importantes artistas no cenário das artes plásticas da Bahia, do Brasil e outros países.

Loja - No andar térreo do Palacete, foi adaptado um espaço para a criação de uma loja para venda de livros, catálogos, indumentárias, vestuário, gravuras, postais, etc., principalmente, da literatura voltada para artes plásticas e artes em geral. Nesta dependência encontramos publicações e produtos da Fundação Pierre Verger, da Edufba, Editora Corrupio, Imprensa Oficial de São Paulo, além de livros e catálogos editados pelo próprio Palacete das Artes Rodin Bahia, através do IPAC/SECULT.

Café-bar- Inaugurado em maio de 2009, o Solar Café | Rodin oferece a seus freqüentadores e ao público em geral, uma nova opção de gastronomia contemporânea, no bairro da Graça. O espaço funciona de terça a domingo, oferecendo almoços e lanches, das 10h às 20h, sendo hoje um point de artistas, músicos e intelectuais da Bahia. O Solar Café ainda disponibiliza, gratuitamente, internet sem fio (wi-fi) para os clientes. O cardápio homenageia o Museu e o mestre Rodin nos pratos de almoços executivos, lanches, e uma arrojada carta de vinhos, além de doces, cafés e drinks, sob a orientação da chef Andréa Nascimento e de sua sócia Maíra D’ Oliveira.

Jardins – Os jardins do Palacete integram o imaginário dos visitantes, com suas árvores centenárias e espécies diversas de flora nativa, que abrigam quatro esculturas, em bronze, do escultor francês Auguste Rodin, adquiridas pelo Governo do Estado da Bahia.

Palacete das Artes - Rodin Bahia
Rua da Graça, 289 - Graça
40150.060 - Salvador, Bahia, Brasil
Tel.: +55 (71) 3117-6987 / 6910