Clipagem

Krajcberg e Murilo 3 ENTREVISTA TERESINHA CARDOSO

ENTREVISTADO: Murilo Ribeiro

Diretor do Palacete das Artes Rodin Bahia

O que nos diz o foco maior desta mostra?

A mostra é a tentativa, quase desesperada, desse que é o maior artista brasileiro vivo, um dos mais importantes do mundo, de fazer as pessoas tomarem consciência de que providências imediatas para salvar o planeta precisam ser tomadas.

É um grito através da sua arte impecável e altamente criativa onde o engajamento não prejudica o sentido e a busca estética.

Quantas peças estão nesta mostra?

A exposição é imperdível. São 13 esculturas, 8 relevos e 16 fotografias que causam forte impacto em todos que a visitam. Por esta característica, e segundo orientação do governador Jaques Wagner, estamos ampliando as ações educativas do museu, através das Secretarias da Cultura, Educação e Comunicação, facilitando a um maior número de estudantes da rede estadual de ensino o contato com a obra, a mensagem e a prática desse ativista, mestre da beleza e do protesto.

Frans Krajcberg, com seus 90 anos festejados agora, é criança e expectativa de dias melhores para o planeta.

Por que o artista doou o acervo para o estado da Bahia?

Pela magnitude do seu acervo, não somente em volume, mas, principalmente, em importância, o acervo de Krajcberg precisa e merece maior visibilidade. A doação proporciona, também, a não dispersão das obras, permitindo um maior acesso à obra e à mensagem do artista, além de uma melhor possibilidade de conservação. Foi um ato de amor à Bahia.

Palacete das Artes - Rodin Bahia
Rua da Graça, 289 - Graça
40150.060 - Salvador, Bahia, Brasil
Tel.: +55 (71) 3117-6987 / 6910